John Travolta e princesa Diana viveram um autêntico "conto de fadas".

Quem o afirma é o ator, que recordou o momento em que dançaram juntos, na Casa Branca, em 1985, que, confessa, irá "ficar para sempre".

Em entrevista à Esquire Mexico, Travolta revelou alguns pormenores do momento tão especial que os dois partilharam a propósito de um jantar de estado organizado pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan.

"Não pensei que eles me fossem pedir para dançar com ela. Tive o grande privilégio e honra de o fazer, por isso pensei, 'deve haver uma razão para fazer isto, por isso, vou dar o meu melhor'", começou por contar.

"Isso significou liderar bem a dança e ter a certeza de que nos divertíamos. Essa era a parte fácil, mas apenas o facto de cumprimentar a Diana corretamente, ser confiante e pedir-lhe para dançar, foi uma tarefa complicada", confessou.

Tim Graham

TUDO COMO NOS CONTOS DE FADAS

O ator fez questão de contar todos os pormenores daquele momento - que foi exatamente como "nos contos de fadas".

"Pensem no ambiente. Estávamos na Casa Branca. À meia-noite. O palco era um sonho", começa por descrever.

"Aproximei-me dela, toquei-lhe no cotovelo e convidei-a para dançar. Ela vira-se e dá-me um sorriso cativante, um pouco triste, e aceita o meu convite", explica.

"E lá estávamos nós, a dançar juntos como se estivéssemos num conto de fadas. Quem poderia imaginar que uma coisa assim iria acontecer algum dia? Fui inteligente o suficiente para gravar na minha memória como um momento mágico e especial", acaba por confessar.