Renato Seabra

Renato Seabra

Getty Images

No passado dia 7 de janeiro, fizeram exactamente 10 anos desde que Renato Seabra matou e mutilou o cronista social Carlos Castro.

Após o crime que chocou o País, em 2011, o aspirante a modelo revela agora, em cartas escritas à jornalista Martha Danis, pormenores sobre os dias na prisão.

Renato Seabra:"Somente posso rezar e pedir a Deus para fazer um milagre e reduzir a minha sentença"

Sabe-se ainda que o jovem, natural de Cantanhede, terá de permanecer na prisão de alta-segurança americana, onde se encontra, pelo menos até 2036, já que o pedido para cumprir o resto da pena em Portugal lhe foi negado.

"Passaram 10 anos sobre o dia em que Carlos Castro foi assassinado às mãos de Renato Seabra":

Carlos Castro brutalmente assassinado há 10 anos: "O que me chocou mais foi ver vigílias nas igrejas a pedir absolvição"