Sarah Harding, um dos membros fundadores da popular girl band Girls Aloud, revelou que tem cancro da mama e revelou recentemente que não terá outro Natal.

A cantora e atriz de 37 anos publicou um excerto da sua biografia Hear me out no The Times e partilha o último diagnóstico que recebeu em dezembro de 2020. "O meu médico disse-me que o Natal passado seria o meu último", confessou sobre o cancro que está em metastização, ou seja, disseminou-se em outras áreas do corpo.

"Não quero um prognóstico exato. Não sei porque é que alguém haveria de querer isso. O que me importa agora é ter conforto e não ter dores", explicou, adiantando que as suas declarações poderão surpreender algumas pessoas.

Cheryl Tweedy, Sarah Harding, Kimberley Walsh, Nicola Roberts e Nadine Coyle no grupo Girls Aloud

Cheryl Tweedy, Sarah Harding, Kimberley Walsh, Nicola Roberts e Nadine Coyle no grupo Girls Aloud

Dave Tonge

"Estou a tentar viver e desfrutar de cada segundo da minha vida, independentemente do quão longa seja. Sei que algumas pessoas poderão achar que isso não é boa ideia, mas quero tentar divertir-me. Não sei quantos meses me restam", acrescentou a cantora britânica.