Família Smith

Família Smith

Paul Archuleta

Depois da polémica do caso extraconjugal com um amigo do filho, Jada Pinkett Smith revelou que se sente atraída por mulheres, assim como Willow Smith. Esta quarta-feira, 31 de março, mãe e filha deram uma entrevista bastante reveladora sobre a sua vida privada.

"Já me aconteceu parar e ficar do género: 'Oh meu deus, ela é tão bonita. Tão talentosa", disse a jovem de 20 anos durante o programa 'Red Table Talk', citada pelo Independent. E acrescentou: "Não sinto que estive apaixonada por uma mulher ainda, mas definitivamente sinto que isso poderia acontecer porque já tive sentimentos muito fortes por mulheres antes".

A mulher de Will Smith também admitiu que, na casa dos 20 anos, teve interessada por pessoas do mesmo sexo: “Apaixonei-me duas vezes por uma mulher”, afirmou. Em 2019 a atriz de 49 já tinha falado abertamente sobre a sua sexualidade e disse acreditar na poligamia. “A monogamia, eu sinto - isto é apenas pessoal, apenas para mim - sinto que te inibe de aprender essas habilidades de evoluir além dos sentimentos de insegurança. Só ciúme, tu percebes", disse.

Eu definitivamente iria querer um homem, uma mulher. Sinto que poderia ser polifiel com essas duas pessoas”, continuou, referindo-se ao facto de ser fiel a duas pessoas ao mesmo tempo. “Sinto que se encontrasse duas pessoas de géneros diferentes com as quais eu realmente me conectasse e tivéssemos uma conexão romântica e sexual, não sinto que sentiria a necessidade de tentar encontrar mais”, explicou.

Recorde-se que Jada Pinkett Smith e Will Smith casaram-se em 1997 e, além de Willow, o casal tem outro filho: Jaden, de 22 anos.