Sean Gallup

Barack Obama está de luto. Mama Sarah Onyango Obama, a queniana que ex-presidente norte-americano considerava avó, morreu esta segunda-feira, 29 de março, aos 99 anos, após sofrer um derrame cerebral em setembro passado, conforme anunciou a sua filha, Marsat Obama.

Nas redes sociais, Barack Obama prestou uma sentida homenagem à mulher que era para si uma inspiração.

"Eu e a minha família estamos de luto pela perda da nossa amada avó, Sarah Ogwel Onyango Obama, carinhosamente, conhecida por muitos como 'Mama Sarah', mas conhecida por nós como 'Dani' ou 'avozinha', começou por escrever na sua página de Instagram.

Reprodução Instagram, DR

"Embora não fosse a sua mãe biológica, a avozinha criou o meu pai, como se fosse seu filho, e foi, em parte, graças ao seu amor e incentivo, que ele foi capaz de desafiar as adversidades e sair-se bem na escola e conseguir uma bolsa de estudos para frequentar uma universidade americana", continuou, caraterizando ainda Mama Sarah como "uma força constante e estabilizadora".

"Sentiremos muito a falta dela, mas celebraremos com gratidão sua longa e notável vida", completou.