Reprodução Instagram, DR

António Raminhos partilhou uma comovente mensagem sobre o pai esta segunda-feira, 22 de março.

Na sua conta de Instagram, o humorista explica como foi mudando a sua relação com o pai ao longo dos anos e a importância que esse comportamento representou.

"A coisa que mais me irritava era quando a minha mãe dizia: “és tal e qual o teu pai!” Porque, primeiro, ela nunca o fez em boas situações", começou por explicar.

"Irritava-me também, porque sim, era sinal de que eu era igual ao meu pai. E, na realidade, nós quando nos irritamos com os nossos pais pelas suas atitudes muitas vezes é porque, sim, temos muito deles… de bom e de mau", continuou.

"O que não vemos, é que o nosso pai ou mãe, de facto, estão a dar-nos oportunidades. A chance de quebrar ciclos… de ser diferente. E essa oportunidade vem também de quando compreendemos que, quaisquer que sejam os acontecimentos, eles, os pais, não souberam fazer de outro modo", acrescentou ainda.

"Quando percebemos que, do outro lado, está alguém que tem uma história. Que tem os seus medos e anseios, que chegou até ali como soube, que sofreu na vida e que sofre com as suas memórias e traumas", revelou.
"Muitos de nós nem consegue dizer aos pais que os ama ou que gosta deles! Porque é estranho, porque é estar vulnerável, porque é “criancice”, mas é aqui que se começa a “fazer diferente”. E podem dizê-lo com os vossos pais vivos ou não, porque estão a fazê-lo por vocês e não por esperar uma resposta, uma aprovação", rematou.

Nos comentários foram várias as mensagens de agradecimento pela partilha deste testemunho: "É mesmo isto", "Isso tudo Raminhos", "Precisava de ler isto. Obrigada", "Caraças Raminhos obrigada", "Até me emocionei".