Michelle Obama

Michelle Obama

Getty images/Jack Taylor

Várias figuras públicas reagiram à polémica entrevista do príncipe Harry e Meghan Markle, transmitida na noite deste último domingo na SIC, incluindo Michelle Obama, que não ficou indiferente depois de ouvir a duquesa de Sussex a falar sobre o alegado racismo dentro da família real britânica.

Durante o programa 'Today' da NBC, a co-apresentadora Jenna Bush Hager disse que foi “comovente” ouvir Meghan Markle a falar sobre o facto de alguém (que não a rainha Isabel II ou o príncipe Filipe) ter expressado "preocupação" sobre o "quão escura" a pele de Archie seria.

Como eu disse antes, raça não é uma construção nova neste mundo para pessoas de cor, então não foi uma surpresa completa ouvir os seus sentimentos e tê-los articulados”, afirmou Michelle, citada pelo Page Six.

Acho que o que espero, e o que penso, é que isto, antes de mais nada, se trata de uma família. Oro por perdão e cura para eles, para que possam usar isso como um momento de ensino para todos nós”, acrescentou.

Numa outra entrevista para a 'Access Hollywood', a ex-primeira-dama disse que espera que o casal encontre uma forma de se reconciliar com a família real. “A minha esperança é que, quando penso sobre o que eles estão a passar, eu pense sobre a importância da família e apenas oro para que haja perdão e haja clareza e amor e determinação em algum momento”, disse.