Instagram

A morte de Sarah Evarard, uma jovem britânica de 33 anos, está a chocar o Reino Unido. Segundo o jornal The Telegraph, Sarah foi vista pela última vez na noite de 3 de março, quando regressava a casa a pé, depois de uma visita a um amigo no sul de Londres. Entretanto, o seu corpo viria a ser encontrado na última quarta-feira, dia 10, numa floresta em Ashford, no sudeste da capital britânica.

O suspeito do rapto e homicídio é Wayne Couzens, um agente da polícia metropolitana de Londres, já formalmente acusado pelo Ministério Público britânico.

Desta forma, no último fim de semana realizou-se uma vigília de homenagem à jovem, na qual Kate Middleton marcou presença. Num registo mais informal, a duquesa de Cambridge surpreendeu ao surgir no meio de uma multidão de centenas de pessoas que prestavam um último tributo a Sarah Everard.

Discreta, a mulher do príncipe William deixou um ramo de flores num memorial improvisado em Clapham Common e leu ainda alguns cartões dirigidos à jovem. A duquesa "queria mostrar o seu respeito pela família e por Sarah", revelou uma fonte do Palácio de Kensington, citada pela Sky News.

Entretanto, poucas horas depois, o ambiente, acabou por ser de tensão, devido a confrontos entre populares e as forças policiais.

Instagram