Joe Biden com os cães

Joe Biden com os cães

Reprodução Instagram, DR

Champ e Major marcaram o regresso dos animais de estimação à Casa Branca depois de quatro anos do mandato de Donald Trump. No entanto,parece que os pastores alemães de Joe Biden não se adaptaram à nova vida.

De acordo com a CNN, esta segunda-feira, dia 8 de março, os cães tiveram que ser levados novamente para a casa do atual presidente dos Estados Unidos em Delaware após o comportamento agressivo de um dos cães.

Ainda segundo o canal de notícias, Major terá mordido um membro da equipa de segurança da Casa Branca. Não foram divulgadas mais informações.

Embora Jill Biden ter dito à People no mês passado que Champ e Major "não têm nenhuma regra, eles são cães realmente bons" e que "os treinámos desde o início", o TMZ noticiou que Major, que tem três anos e foi adotado por Biden em 2019, estava a ficar muito agitado na residência, atacando, pulando e latindo para os funcionários.