Mia Farrow e Woody Allen

Mia Farrow e Woody Allen

Diane Freed

'Allen v. Farrow' é o novo documentário da HBO em que Mia Farrow tece duras críticas a Woody Allen, contando pormenores sobre o relacionamento com o cineasta e comentando as acusações de abuso sexual que a filha adotiva do casal fez contra Woody.

Num dos quatro episódios a atriz recordou um dos momentos mais difíceis da sua vida: deparou-se com fotografias de uma das suas filhas, Soon-Yi Previn, na casa do cineasta. “Estava no apartamento [de Allen] porque não trabalhava naquele dia. Então, peguei numa das crianças depois de deixarmos um casaco lá e à direita do telefone estavam fotografias Polaroid". começou por dizer, de acordo com o Hollywood Life.

"Eram fotografias pornográficas de uma mulher, uma menina. E eu agarrei nas fotos e percebi que todas eram de Soon-Yi. Era a minha própria filha", afirmou. O incidente aconteceu em janeiro de 1992, quando Allen tinha 56 anos e 21 anos. Recorde-se que Mia Farrow e Woody Allen estiveram casados entre 1980 e 1992, mas o casamento foi bastante polémico pois antes de se separarem, o cineasta envolveu-se com Soon-Yi, com quem casou em 1997.

>> Mia Farrow diz que relação com Woody Allen é o seu "maior arrependimento"

“[Soon-Yi] estava no primeiro ano de faculdade e todas as fotos eram... Não as publicariam na Playboy. Eram fotografias realmente atrevidas e eu lembro-me de estar com dificuldades para respirar. Lembro-me de agarrar no meu filho, tentar colocar o casaco, tentar abotoar”, relembrou.

A atriz continuou explicando que decidiu colocar as fotografias no bolso e "nem conseguia apertar o botão do elevador. Esta a tremer. Levei o meu filho para casa e tranquei a porta". Na habitação, Mia confrontou Soon-Yi: "Ela disse: 'Que fotografias?' E eu respondi: 'As fotografias que Woody tirou'. Ela começou a chorar e eu comecei a chorar também, e pensei, 'Não, não, a culpa não é tua'. Ela estava fora de si", contou.

Entretanto, Allen falou com a então mulher para explicar a razão. “Primeiro ele disse: 'Estou apaixonado por Soon-Yi. Eu era capaz de me casar com ela'. Depois foi isto durante quatro horas: 'Cometi um erro, perdi o controlo'. Eu não sabia o que pensar. Eu só precisava que ele fosse embora", disse.

Num comunicado emitido pelo porta-voz do casal é referido que o documentário era um “trabalho sujo” que não tem “interesse na verdade” e "independentemente do que Dylan Farrow possa ter sido levada a acreditar, absolutamente nenhum abuso ocorreu".

Woody Allen com Soon-Yi Previn

Woody Allen com Soon-Yi Previn

JACK GUEZ