Ronaldinho Gaúcho com a mãe

Ronaldinho Gaúcho com a mãe

Reprodução Instagram, DR

Ronaldinho Gaúcho está de luto. A mãe do antigo jogador morreu na tarde deste sábado, dia 20 de fevereiro, em Porto Alegre, devido a complicações da Covid-19. Miguelina Elói Assis dos Santos tinha 71 anos.

O Clube Atlético Mineiro deixou uma mensagem declarando-se de luto pela morte de Dona Miguelina, como era conhecida. "É com enorme tristeza, que o Clube Atlético Mineiro recebe a notícia do falecimento de Dona Miguelina, mãe de Ronaldinho Gaúcho. A Família Atleticana está de luto e partilha com o seu ídolo o momento de dor. Que Deus a receba de braços abertos e conforte o coração do nosso eterno craque. Descanse em paz, Dona Miguelina", lê-se.

O antigo astro brasileiro de 40 anos tem estado com o coração nas mãos desde dezembro do ano passado, data em que a mãe foi internada no no Hospital Mãe de Deus, chegando mesmo a falar sobre o assunto na sua conta de Instagram. "Queridos amigos, a minha mãe está com Covid-19 e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no Centro de Tratamento Intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe", disse o ex-futebolista na altura.

Apesar de ainda não se ter manifestado sobre a morte da mãe, Ronaldinho Gaúcho trocou a sua fotografia de perfil no Instagram por uma imagem escura.