Simone de Oliveira

Simone de Oliveira

Tiago Caramujo

Três anos depois de ter colocado próteses na anca e no joelho direito, Simone de Oliveira prepara-se para ser operada novamente muito em breve. "Em 2018, tive uma anca e um joelho novo. Agora, ou em março ou em abril, vou por uma prótese no outro joelho. Vai ser com o mesmo médico, no Hospital da Luz, se tudo correr bem", contou a artista, que completou esta quinta-feira, dia 11, 83 anos, à revista Nova Gente.

"Sei que, neste momento, o hospital está a ajudar na situação pandémica e isto não é urgente. Primeiro, são as pessoas que precisam. Não tenho nenhum problema em usar a bangala, acho que até me dá um certo charme", adiantou ainda, antes de explicar que o que mais a preocupa é mesmo o que vai acontecer depois da cirurgia, uma vez que vive sozinha. "A recuperação é que é um bocadinho chata. Em 2018, recuperei na Casa do Artista. Este ano, não, porque aquilo está complicado com o covid-19", explicou.

À mesma publicação, Simone de Oliveira confidenciou ainda que está ansiosa para receber a vacina contra o novo coronavírus: “Quando for altura disso, serei a primeira da fila".