Ashton Kutcher e Mila Kunis

Ashton Kutcher e Mila Kunis

Allen Berezovsky

A pandemia do novo coronavirus não tem sido fácil para ninguém, sobretudo para as pessoas que têm crianças em casa 24 horas por dia. Mila Kunis que o diga.

Em entrevista para o programa da Ellen DeGeneres, a atriz brincou dizendo ser uma "mãe horrível" depois de revelar que ela e o marido, Ashton Kutcher, assinaram um contrato para fazer um anúncio do Cheetos Super Bowl para que pudessem "tirar férias" dos seus filhos, Wyatt, de seis anos, e Dimitri, de quatro anos.

"Foi no auge da pandemia, não fazia sentido logicamente, pode ter sido o pior momento para isso", contou Mill. "Estava a morrer de vontade de sair de casa. Estava literalmente do gºenero: 'Eu não me importo, eu preciso sair desta casa'. Eu olhei para aquilo como umas férias de dois dias. Eu do género: ‘Estamos a sair. Nós vamos filmar aquilo e vamos ficar longe dos nossos filhos'”, explicou.

E eu tirei dois dias de folga dos meus filhos. Eu sou uma mãe horrível”, brincou a atriz de 37 anos.

Durante a entrevista, a estrela de 'Bad Moms' também comparou ironicamente os seus filhos a cães porque costumam estar sempre atrás dela durante a quarentena. "Eu amo muito os meus filhos, nós dois amamos, mas eles são como cães: eles podem farejar-te!", afirmou Mila. E acrescentou: "Eles conhecem o teu cheiro, sabem em que quarto te estás a esconder. Não consegues ficar longe deles".