Paul Archuleta

Foi na véspera de Natal que o pesadelo começou. Tanya Roberts tinha acabado de chegar a casa após uma caminhada com os seus animais de estimação quando desmaiou. Rapidamente foi colocada num ventilador destinado a pacientes com Covid-19 por ter apresentado sintomas da doença nos dias que antecederam.

Este domingo, dia 3 de janeiro, o companheiro, Lance O’Brien, que teve contacto limitado com Tanya ao longo das últimas semanas, despediu-se, acreditando que a 'Bond Girl' tinha morrido. “Ela estava completamente desacordada e fria”, contou ao The Sun.

Durante o programa de televisão - Inside Edition -, Lance interrompe a entrevista e chora ao receber uma chamada do hospital informando-o que as informações de que a atriz havia morrido eram falsas (Ver aqui o vídeo). "Agora estão a dizer-me que está viva?", questiona, ao telemóvel. Após receber a confirmação, Lace dirige-se para o repórter e afirma: "O hospital está a dizer-me que ela está viva. A chamada é da equipa da Unidade de Cuidados Intensivos".

"O hospital acabou de ligar e dizer que a Tanya ainda está viva?”, questiona o repórter. Com dificuldade em falar, o companheiro da atriz responde: “Sim… Eu estou muito feliz”.

Mas afinal o que se passou? De acordo com o jornal britânico, o agente da atriz admitiu que se tratou de uma "falha de comunicação" e que "Lance realmente acreditava que a Tanya tinha morrido". No entanto, Lance alegou ter sido informado por um membro da equipa médica que "não havia esperança para a atriz".

Achei que ela não iria recuperar. Então quando desci do elevador estava perturbado, perdido, completamente desnorteado. Liguei para o empresário dela, Mike Pingel, e disse que me despedido da Tanya”. Foi então que o agente da atriz escreveu e divulgou o comunicado sobre a morte da atriz, que abalou o mundo.

Apesar de viva, Tanya Roberts ainda está internada na Unidade de Cuidados Intensivos do Cedars-Sinai Hospital, em Los Angeles.