João Xará

Foi em 2003 que foi lançada a comédia romântica Love Actually [O Amor Acontece]. O primeiro filme de Richard Curtis contou com Lúcia Moniz no elenco, entre várias estrelas como Colin Firth, Hugh Grant, Laura Linney e Emma Thompson. O filme foi bem recebido em Inglaterra e tornou-se no clássico moderno de Natal até nos Estados Unidos. Estivemos à conversa com a atriz e cantora portuguesa que é protagonista do filme Listen.

»» Come-se bem no cinema? Lúcia Moniz e Ricardo Pereira falam de Brad Pitt, frango frio e a verdade da comida

O núcleo de Lúcia Moniz era apenas o Colin Firth num filme com um elenco extenso. Amélia, uma empregada portuguesa e Jamie apaixonam-se perdidamente onde nem as línguas diferentes são uma barreira. Será que o ator, vencedor de um óscar por O Discurso do Rei, pediu ajuda a Lúcia Moniz?

"O texto da declaração treinou tudo sozinho, a mulher (agora ex-mulher) era italiana e lembro-me que ele tinha família que o podia ajudar", confessou a atriz que recorda uma cena de que nunca se vai esquecer.

"É a da despedida em que lhe dou um beijo e me vou embora. Foi muito bonito. Foi filmado no meu dia de aniversário [a atriz fazia 26 anos].Houve bolo. Cantaram-se os parabéns . Fizemos a cena e voltámos a festejar. Esse dia jamais sairá da minha memória", sublinha.

Lúcia Moniz, Hugh Grant e Heike Makatsch

Lúcia Moniz, Hugh Grant e Heike Makatsch

Franco Origlia

No último dia de gravações, quando o realizador Richard Curtis anuncia a última cena de cada ator, há um discurso e muito aplausos. "Tudo normal. Depois, mulher do Curtis vem ter comigo, começa a chorar e abraça-se a mim. Eu começo a chorar também e nisto.... aparece-me o Hugh Grant", lembra entre risos.

Fora do seu núcleo no filme, esta foi a primeira vez que Lúcia Moniz e o ator se conheceram. “Olá, eu sou o Hugh”, apresentou-se o ator britânico. "E eu cheia de ranho e lágrimas... Foi super embaraçoso para mim porque quase limpava o ranho com a manga da camisa para o cumprimentar. Foi muito cómico", descreve.

Lúcia Moniz protagoniza Listen ,a primeira longa-metragem de ficção de Ana Rocha de Sousa inspirado num drama real, sobre uma família portuguesa emigrada em Londres, a quem é retirada a guarda dos filhos por suspeitas de maus-tratos. O filme ganhou seis prémios no Festival de Cinema de Veneza, Itália e é o filme português mais visto do ano.