NurPhoto

Bill Cosby foi condenado a uma presa efetiva de até 10 anos após ter sido considerado culpado, no dia 26 de abril de 2018, por três crimes de agressão sexual contra Andrea Constand.

O antigo ator de 83 anos está a cumprir a pena na prisão de alta segurança SCI Phoenix, na Pensilvânia. Numa entrevista concedida ao DailyMail, Bill revelou que é testado diariamente para a Covid-19, mas tomou medidas extremas para se proteger.

"A partir de agora, recusei tomar banho e decidi lavar a loiça na minha cela. Esta é a melhor maneira de me manter seguro e saudável", afirmou.

Devido à pandemia do novo coronavírus, os advogados de Bill tentaram obter uma libertação antecipada no início do ano. No entanto, não foi cedida porque o governador Tom Wolfe concedeu "alívio temporário" para reclusos vulneráveis, mas excluiu criminosos sexuais, o que significa que Cosby teve que permanecer na prisão.

>> Rapper Tekashi 6ix9ine libertado por causa da pandemia da Covid-19

"Muitos dos presos estão mais preocupados com Cosby devido à sua idade, problemas de saúde e cegueira", disse Andrew Wyatt, porta-voz e amigo próximo.

No dia 1 de dezembro os advogados compareceram numa audiência para tentar anular a sua condenação. Bill Cosby "não está a declarar vitória", mas está feliz porque "o mundo conseguiu ouvir e testemunhar o que a imprensa se recusou a publicar, que era a verdade e factos" e, por isso, sente-se "muito, muito esperançoso".