KMazur

Desde que o documentário Leaving Neverland foi disponibilizado na HBO foram várias as polémicas criadas à sua volta.

O documentário aborda um tema frágil que deixou pessoas por todo o mundo chocadas com o que viram. A HBO reuniu os testemunhos de algumas vítimas que acusam Michael Jackson de pedofilia.

Quem decidiu avançar com um processo contra a plataforma de streaming foram os herdeiros do artista que pedem uma indemnização de mais de 100 milhões de dólares (82 milhões de euros).

Os advogados pelo património de MJ acusam a HBO de difamação por não mostrarem a versão do artista e ainda por quebrarem um acordo entre as duas entidades de 1992.

»FILHA DE MICHAEL JACKSON REAGE A DOCUMENTÁRIO POLÉMICO SOBRE O PAI: "NÃO HÁ NADA QUE EU POSSA DIZER QUE NÃO TENHA SIDO DITO"«

Quando a HBO emitiu o concerto "Michael Jackson Live in Bucharest: The Dangerous Tour" foi criada uma cláusula onde a plataforma se comprometia a "não fazer quaisquer comentários ou práticas que pudessem denegrir o artista".

No entanto, a plataforma defende que a cláusula é "irrelevante" para o caso em questão.

O tribunal decidiu que o veredito final caberá a uma equipa de arbitragem que deverá analisar ambas as partes do contrato.