DR

Santiago Lara, o jovem argentino que alega ser filho de Diego Maradona, que morreu no passado dia 25 de novembro, entrou com um pedido judicial para exumar o corpo da lenda do futebol.

O jovem de 18 anos, que está com um processo em tribunal desde 2014 para saber se El Pibe é de facto seu pai, foi a um programa de televisão falar sobre o pedido, aconteceu menos de 24 horas após o enterro, de acordo com o Mirror.

>> Antes de morrer, Maradona confessou aquilo que queria escrito na lápide

"Eu apenas quero saber quem sou. A parte financeira não me interessa", destacou, em entrevista ao Telemundo. "Sei que esse pedido vai causar polémica na Argentina, mas se eu não fizer isso, quem me vai dar o ADN?", questionou.

A mão do jovem, Natalia Garat, que morreu em 2006 aos 23 anos, viveu um romance com Maradona durante sete anos. "A minha mãe morreu quando eu tinha três anos, mas antes de morrer retirou o ventilador para falar e disse aos advogados dela que eu era filho do Maradona. Eu só quero saber quem sou, não estou interessado no aspeto financeiro da questão", explicou.

>> Cristiano Ronaldo despede-se de Diego Maradona: "Um dos melhores de todos os tempos. Um mágico inigualável"

O ex-jogador tem cinco filhos, sendo que apenas reconheceu dois deles após vários anos, quando já eram adultos. A confirmar-se, Santiago será o sexto filho de Maradona.