Pinto da Costa

Pinto da Costa

Getty Images

Jorge Nuno Pinto da Costa sentiu-se mal durante a manhã desta sexta-feira, 27 de novembro, durante a última homenagem a Reinaldo Teles, histórico dirigente do Futebol Clube do Porto, que morreu no dia 25, aos 70 anos, vítima de Covid-19.

De acordo com o site do Jornal de Notícias, Pinto da Costa “teve uma pequena indisposição e teve de ser assistido no local”. Já a CMTV refere que o presidente dos dragões “teve uma quebra de tensão” e que “foi de imediato observado por uma equipa médica, mas está consciente e não inspira cuidados de maior”. “Foi imediatamente assistido e saiu do carro, onde recuperou da comoção, pelo próprio pé”, adiantou ainda, em direto, um repórter do canal.

Pinto da Costa, de 82 anos, não esconde que ficou “muito abalado” com a morte de Reinaldo Teles, que via “como um irmão”.

O corpo do antigo dirigente do Futebol Clube do Porto seguiu para o estádio depois de uma missa na Igreja do Bonfim. Seguiu-se uma homenagem que contou com a presença de uma centena de pessoas e os restos mortais serão depositação no cemitério do Prado do Repouso.