Esta terça-feira, dia 24, está disponível a OPTO, nova plataforma da SIC. A série A Generala, com Soraia Chaves e Carolina Carvalho, promete apaixonar o público com uma história portuguesa inspirada em factos reais. Ricardo Pereira participa na produção e esteve à conversa com o site do Fama Show.

A Generala centra-se na vida de uma mulher que ostracizada pela família e que abandona tudo, assumindo uma nova identidade e fingindo ser homem enquanto militar do exército português.

"Estou muito entusiasmado", começa por contar o ator. "É um projeto muito arrojado e diferenciado. A linguagem que o Sérgio Graciano (realizador) quis implementar foi a de tornar os atores mais próximos daquilo que é o real", revela.

Muitas das cenas não tiveram cortes, tornando as ações e os atores o mais naturais possível. As hesitações, os silêncios, os erros no discurso das personagens estão impressos numa linguagem que não respira em telenovelas.

O ator em rodagem da nova série da OPTP

O ator em rodagem da nova série da OPTP

Reprodução Instagram, DR

"Foi ótimo para a minha personagem. Ele é o primeiro grande amor da Maria Luísa numa altura em que ela ainda vive como mulher perante a sociedade", sublinha. O ator antecipa ainda que a sua personagem - um homem casado - fará uma escolha surpreendente.

"É uma série que vai agradar bastante o público , tendo em conta todo o conteúdo que se está a fazer no mundo. É bom ver Portugal enveredar por este caminho", completa Ricardo Pereira, que fará ainda parte de uma outra produção da SIC, com uma personagem inesperada e que será um autêntico desafio.

A Generala foi escrita por Patrícia Müller e conta ainda com Victoria Guerra, José Fidalgo, Anabela Moreira, António Capelo, Vítor Norte e Isabel Ruth e já está disponível na OPTO.