Miley Cyrus

Miley Cyrus

Getty Images

Miley Cyrus completou 28 anos esta segunda-feira, dia 23 de novembro. Este aniversário é vivido numa altura em que a artista decidiu abrandar o seu ritmo de vida e, sobretudo, o consumo de álcool e drogas que tantas vezes a deixou à beira do abismo, como a própria reconhece.

"Os 27, para mim, foram o ano em que senti que tinha de me proteger", começou por dizer a cantora em entrevista ao programa New Music Daily, da Apple Music. “Isso fez com que quisesse ficar sóbria porque perdemos tantos ícones com 27 anos. É uma idade crucial: ou entras no próximo capítulo ou então chegas ao fim", completou, referindo-se a grandes nomes da música, como Kurt Cobain, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison ou Amy Winehouse. Uma série de nomes bem conhecidos do público como “o clube dos 27”.

Miley Cyrus reconhece que, apesar da força de vontade que tinha para se livrar das suas adições, nem sempre foi fácil: "Nunca fiquei sentada a pensar 'tenho estado sóbria'... Deixei-me levar e percebi agora que estou de novo de volta à sobriedade, estou há duas semanas sóbria. Aprendi também a não ficar aborrecida comigo própria quando falho. Questiono-me, mas tento não me castigar”.

A cantora revelou ainda que dificilmente será uma pessoa “certinha”. "Não sou uma pessoa moderada e não penso que toda a gente tenha de estar sempre sóbria. Penso que as pessoas têm de fazer aquilo que é melhor para elas. Eu não tenho um problema com a bebida, tenho um problema com as decisões que tomo quando ultrapasso um certo nível”, rematou.