Vittorio Zunino Celotto

Foi no passado dia 17 de abril que a morte de Filipe Duarte apanhou todos de surpresa. O ator, de 46 anos, não resistiu a um enfarte do miocárdio. Entretanto, cinco meses após o seu desaparecimento, o artista foi homenageado na gala dos Prémios Sophia, recebendo, a título póstumo, a distinção de Melhor Ator Secundário pelo seu desempenho no filme Variações.

Durante a cerimónia que decorreu no Casino Estoril no passado dia 17 de setembro, foi Joana Solnado que subiu ao palco para receber o prémio e ler uma mensagem deixada pela viúva do ator, Nuria Mencía que, segundo o jornal Sol, não marcou presença no evento devido a motivos profissionais.

"O Pipo desfrutou muito e foi feliz a fazer este filme do princípio ao fim. Entendeu o porquê de fazer este personagem e deu o seu talento, coração e alma, como sempre. Desfrutou com cada um dos seus companheiros atores, realizador e a equipa técnica que tanto lhe encheu a alma", afirmou, segundo a publicação.

"Fazia tempo que não via no cinema uma história de amor que me emocionasse tanto como esta. Que maravilha. Muitas saudades. Viva o talento verdadeiro e o amor", rematou.

Recorde-se que Núria Mencía e Filipe Duarte são pais de uma menina, Antónia, de dez anos.