Jazmin Grace com o pai, Alberto do Mónaco

Jazmin Grace com o pai, Alberto do Mónaco

Getty Images

O agravamento dos sintomas associados à Covid-19 obrigou à hospitalização de Jazmin Grace Grimaldi, a filha mais velha do príncipe Alberto do Mónaco. A informação foi confirmada pela própria cerca de um mês depois de ter sido tornado público que a jovem, de 28 anos, tinha testado positivo pela primeira vez.

Nas redes sociais Jazmin Grace explicou que foi internada durante o último fim de semana e que, apesar de ainda estar a debater-se com a doença, já recebeu alta hospitalar e continua a recuperar em casa.

>> FILHA ILEGÍTIMA DO PRÍNCIPE ALBERTO DO MÓNACO CONQUISTA LUGAR EM HOLLYWOOD

A imagem que acompanha a mensagem de Jazmin Grace

A imagem que acompanha a mensagem de Jazmin Grace

Instagram

Num post publicado no Instagram onde apela à defesa dos direitos das mulheres, a filha mais velha do príncipe Alberto, explica: “Sou uma mulher forte, uma sobrevivente. Estou feliz por dizer que saí do hospital e estou agora em casa, nesta estrada sinuosa para a recuperação. Contudo, fui internada no fim de semana porque os meus sintomas continuaram a piorar”.

A jovem revela ainda que, além dos sintomas amplamente divulgados da doença, desenvolveu “uma erupção cutânea semelhante à varicela” e que continuou a ter “dores no corpo, com dores mais fortes nos pulmões, febre e enxaquecas". “Os médicos ainda estão a perceber [este vírus] e confessaram que já viram outros casos semelhantes ao meu. (...) Só quero que o meu corpo encontre paz e conforto. A dor é tão desconfortável e debilitante, não há muito a fazer a não ser descansar", completa, antes de deixar um apelo a todos os seus seguidores: “O vírus da Covid é tão forte e misterioso. (…) Ouça o seu corpo! Proteja-se para proteger os outros. Tenha cuidado".

>> FOTOGRAFIAS INÉDITAS DO PRÍNCIPE ALBERTO DO MÓNACO EM DIA ESPECIAL PARA O SEU FILHO ILEGÍTIMO

Jazmin Grace com o pai, Alberto do Mónaco

Jazmin Grace com o pai, Alberto do Mónaco

George Pimentel

Jazmin Grace é fruto de uma relação fugaz do príncipe Alberto do Mónaco com Tamara Rotolo, uma norte-americana que à época trabalhava como empregada de hotel e agora é agente imobiliária. O herdeiro do trono monegasco demorou anos a assumir a filha, mas acabou por fazê-lo em 2006, quando esta já tinha 14 anos. Os dois têm agora uma relação bastante próxima e, embora não esteja incluída na linha de sucessão ao trono, como determina a Constituição do Mónaco, é aceite por toda a família Grimaldi, passa frequentemente férias no principado e é convidada para as reuniões familiares mais importantes.

Conhecido pela sua fama de playboy antes de se casar com a nadadora olímpica sul-africana Charlene Wittstock, com quem teve dois filhos, os gémeos Jacques e Gabriella, de cinco anos, Alberto é ainda pai de Alexandre Coste, de 16, nascido de um affair com a assistente de bordo Nicole Coste.

Apesar de ter demorado a assumir os dois filhos mais velhos, agora o príncipe tenta ser um pai presente e contribui para que ambos tenham uma vida financeira estável.