Reprodução Instagram, DR

Não é a primeira vez que António Raminhos aborda este tema. Por lidar com ansiedade há vários anos, o humorista aborda o tema várias vezes nas suas redes sociais para o desmistificar.

Esta terça-feira, 4 de agosto, fez uma longa publicação na sua conta de Instagram onde abriu o coração e tentou explicar afinal o que é esta perturbação psicológica.

"A ansiedade é estar no sítio certo, no tempo errado. Estamos no passado ou no futuro. Ou estamos a projectar ou a reviver acções, ideias, perguntas, medos... Muitas vezes, estamos nos dois lugares. No passado e no futuro. Raramente conseguimos estar onde é suposto: aqui e agora... neste segundo. A ver o que está a acontecer, a sentir, a cheirar, a ouvir... Porquê? Porque estar no presente é largar a corda, é soltar a mão, é perder as rodinhas da bicicleta. É não controlar. É estar num sítio onde nunca estivemos e, no entanto, o único que nos poderá fazer feliz", começou por avançar.

»António Raminhos brinca: Tento divorciar-me da Catarina há três anos«

"Ao contrário do que pensamos, há muita coisa que nos chama para o presente. O som do vento nas árvores, o ecoar das ondas do mar, os passos na terra batida, o colocar a mão no peito e ouvir e sentir a respiração. Porquê? Porque tudo isso está a acontecer agora. Quando se sentirem no passado ou no futuro... procurem um jardim, a areia da praia ou simplesmente parem, fechem os olhos, respirem fundo e coloquem a mão no peito. E, como no dia em que entraram na escola pela primeira vez, digam... eu estou presente", concluiu.

Nos comentários foram vários os seguidores que se identificaram com as palavras de Raminhos e se mostraram concordantes: "Que bonito! A ansiedade é isso mesmo, não escolheria outras palavras e a tua estratégia é deliciosa ❤️", "Muito boa descrição! 👏🏼", "👏 é mesmo isso! 🙏🏼".

Reprodução Instagram, DR