Julianne Moore deixou a sua casa em Montauk, no estado de Nova Iorque, e se mudou-se para outro imóvel na mesma zona. O motivo? A visita inesperada de uma desconhecida em sua casa.

A história remonta a 2015, mas só agora foi tornada pública pelo New York Post. A casa campestre, com três quartos, era alvo da curiosidade de alguns fãs que tiravam fotografias, algo que a atriz, de acordo com a mesma fonte, não se importara.

Mas tudo mudou quando a atriz regressou a casa, após um passeio matinal, e encontrou uma mulher alcoolizada no sofá do interior da sua casa.

A mulher em causa foi identificada como moradora da mesma área, mas era uma perfeita desconhecida para a atriz e para sua família.

Moore vendeu a casa por 2,98 milhões de euros e mudou-se com o marido Bart Freundlich e os filhos para uma nova casa, muito mais reservada.