Tiago Caramujo

A trabalhar no mundo da moda há cerca de 20 anos e uma das mais reputadas trendsetter e fashionistas nacionais, Mariama Barbosa é também um dos principais rostos da SIC CARAS. Apresentadora do programa Tesouras e Tesouros e comentadora do formato Passadeira Vermelha, Mariama Barbosa abriu o coração ao site do Fama Show e assumiu-se como mulher emotiva, que gosta da viver.

"Se arrumas os teus sentimentos, se arrumas a tua casa, o teu caráter, acho que é tudo mais fácil. A vida dá-nos surpresas, a gente não sabe o nosso estado de espírito, acordamos de manhã bem-dispostos, vem uma pessoa que nos bate no carro e enervamo-nos [...] Ninguém é perfeito. Mas, saber parar e saber que erramos é uma aprendizagem", confidenciou.

Natural da Guiné Bissau e a viver em Portugal desde os cinco anos, Mariama Barbosa construiu um caminho que, aos poucos e poucos, foi-lhe trazendo visibilidade, primeiro no mundo da moda e depois na televisão.

"As coisas vão acontecendo e não controlamos. Eu guardei uma frase que li num livro sobre o Steve Jobs: 'Não interessa de onde viemos, o que é importante é o caminho que fazemos'. Por isso, acho que o nosso caminho tem que ser feito com sabedoria, amigos, conselhos [...] Vamos aprendendo e é o que eu ando a fazer", salientou.

Mariama Barbosa no programa 'Tesouras e Tesouros', com Jorge Corrula

Mariama Barbosa no programa 'Tesouras e Tesouros', com Jorge Corrula

SIC MULTIMEDIA

O mundo da televisão trouxe novos desafios a Mariama, que foram amplamente superados, constituindo um importante aprendizado na vida da apresentadora. "Conheço este mundo. Não é uma coisa nova para mim. Só que eu estava por detrás das câmaras e então o que é que acontece agora? Quando passas para a frente da câmara, tens muitos mais cuidados. Já não dizes aquilo que dizes quando estás atrás das câmaras e essa evolução ensinou-me a ser mais recatada, coisa que eu não era. Eu sou uma desbocada, eu falo com o coração", referiu.

"Sou uma mulher impulsiva. Quando vejo injustiças, quando vejo que as coisas não estão bem…quando estão a passar do limite da humanidade, do limite do respeito, eu vou lá meter-me", explicou ainda.

"A evolução dos programas ensinou-me a ser mais cuidadosa, a ser mais ponderada porque estava a falar para o público, que merece um respeito muito mais cuidado. Eu acho que me ensinou a ser mais atenciosa", frisou.

"Aprendi a ler mais, eu tinha muito pouco vocabulário. Era uma pessoa mais prática, de moda, de produção. Tudo isto está a levar-me para um caminho que eu estou a adorar. Estou a descobrir uma nova Mariama, até mais intelectual. E isso é bom", acrescentou.

Tiago Caramujo

Sendo um rosto conhecido dos portugueses, Mariama tem recebido várias mensagens de carinho, mas também alguns comentários menos positivos.

"A fama tem esta coisa, tem os dois lados da moeda. Por isso, é importante nós estarmos bem, tratar bem os outros [...] Se receberes uma mensagem menos boa, como estás limpa, é mais fácil de colocar debaixo do tapete. Se tu fores uma pessoa má, rancorosa, é karma. Então eu tento equilibrar isso", afirmou.

"Nem todas as críticas são simpáticas, mas também não são destrutivas. Eu não gosto é quando são destrutivas e mal criadas. Passam do limite da educação e isso não é admissível. Mas, as críticas fazem parte do nosso crescimento. Eu critico no 'Tesouras e Tesouros', mas não rebaixo ninguém porque faz parte da minha personalidade e mesmo que fosse, eu não ia conseguir. Quando eu critico é para elevar", rematou.