Axelle/Bauer-Griffin

Corria o ano de 2018 quando Jim Carrey recebeu uma notícia assustadora: tinha apenas 10 minutos de vida. Foi durante o 'The Tonight Show Starring Jimmy Fallon' que o ator de 58 anos recordou a experiência traumática.

"Um alarme falso de mísseis no Havaí. Eu estava lá. Estava a escrever. A minha assistente, Linda, ligou-me a chorar, e disse: 'Só temos mais 10 minutos'. E eu disse: 'O que estás a dizer?'. E ela: 'Os mísseis estão a vir'", relembrou.

Nessa altura, o ator de "A Máscara" tentou ir ter com a filha, Jane, de 32 anos, mas nesse tipo de situações as estradas acabam por ficar congestionadas e Jim não queria morrer num carro. Portanto, acabou decidir passar aqueles seriam os seus últimos momentos de vida a olhar para o oceano na ilha do Lanai.

"Eu simplesmente decidi fazer uma lista de coisas pelas quais sou grato", contou. "Juro por Deus, eu simplesmente não podia deixar de pensar nas coisas maravilhosas que já aconteceram comigo e nas bênçãos que tive. Foi lindo", afirmou.

Quando faltava pouco para os supostos mísseis chegarem ao Havaí, Jim decidiu fechar os olhos e ser grato por tudo que havia vivido. Foi então que ele descobriu que o alarme era falso e tinha sido um engano.