DR

João Araújo, advogado de José Sócrates no âmbito do processo da Operação Marquês, morreu na última noite, em casa, confirmou fonte familiar à Renascença. O advogado lutava contra um cancro, doença assumida publicamente pelo próprio.

Segundo a estação de rádio, o estado de saúde de João Araújo havai piorado e este estava a ser acompanhado por uma enfermeira em casa.

Considerado polémico, o advogado foi condenado em abril do ano passado ao pagamento de ao pagamento de 12.600 euros por difamação e injúria a uma jornalista.