Cláudia Lucas Chéu, poeta e argumentista, esteve ao lado de Albano Jerónimo durante 10 anos. O casal separou-se há quatro anos e sempre adoptou uma postura reservada quanto à vida pessoal. Esta segunda-deira, Cláudia Chéu escreveu um texto dedicado à filha de ambos.

"A minha filha tem oito anos. Não é por ser minha filha, mas é mesmo bonita. A menina mais bela do mundo (e não aceito comentários sobre beleza subjectiva)", começa por dizer numa uma crónica no jornal Público.

"Gosta de fazer surf, de comer gelados de chocolate e almôndegas com esparguete, e de cantar as músicas da JoJo Siwa. Quer que nos mudemos para Los Angeles para conhecer a dita artista. Também diz que eu ou o pai só seremos famosos a sério quando lhe apresentarmos a JoJo Siwa. Gosta muito do pai, dos avós, a quem chama carinhosamente de gordos, dos primos e dos amigos da escola que, devido às circunstâncias, deixou de ver por um período escolar inteirinho", descreve assim o período de quarentena.

»» Albano Jerónimo surpreende seguidores com foto rara da filha: “Fazes-me tão feliz”

Instagram

"Olho para ela e fico a pensar no milagre que é ter feito uma pessoa assim. Tão acima das minhas possibilidades, tão mais radiosa e radiante do que alguma vez sou ou serei. É uma menina livre na expressão e diz-me todos os dias, mesmo quando às vezes sinto que nem mereço: “Amo-te, mãe.” Desde que veio ao mundo, sou obrigada a clampar as artérias ou esvaio-me em sangue de cada vez que a olho com atenção. Gosto tanto dela", descreveu Cláudia Lucas Chéu.

Albano Jerónimo trocou alianças com Francisca van Zeller, enóloga, a 26 de agosto do ano passado.