Ian Gavan

Johnny Depp mantém um longo processo judicial de difamação contra Amber Heard, uma vez que esta o acusou de violência doméstica e comportamento abusivo, e os seus advogados não estão a deixar nada de fora, inclusive uma alegada relação com outras duas celebridades durante o casamento que terminou em 2016.

De acordo com o Daily Mail, o ator acusa a ex-mulher de ter tido uma relação a três com a modelo Cara Delevingne e o bilionário empresário Elon Musk. De acordo com documentos obtidos pelo jornal, o ex-marido de Raquel 'Rocky' Pennington, melhor amiga de Amber, foi questionado pelo advogado de Depp se a ex-mulher tinha contado que Amber estava a ter um caso com a modelo enquanto ainda era casada com Johnny Depp. Josh Drew, que também foi vizinho do ator, terá respondido que sim.

"Ela já te contou que, enquanto Amber ainda era casada com Johnny Depp, que eles três - Amber Heard, Elon Musk e Cara Delevingne - passaram a noite juntos?", perguntou o advogado. "Sim", disse novamente a testemunha.

>> Amber Heard admite agressões a Johnny Depp: "Não posso prometer que não te toco outra vez"

Quem também está envolvido no processo é James Franco, uma vez que o ator foi visto no mesmo elevador na noite a seguir ao incidente de uma das alegadas agressões.

Cara Delevingne, Elon Musk e James Franco deverão dar ao tribunal qualquer e-mail ou mensagem que trocaram com Amber durante o período de separação do casal. Elon Musk manteve uma relação amorosa com a ex-mulher de Johnny Depp por algum tempo, mas alega que o envolvimento romântico só aconteceu depois do divórcio.