Marcos Tenório Bastinhas e Dália Madruga

Marcos Tenório Bastinhas e Dália Madruga

Instagram

Faz este ano uma década que Dália Madruga deixou a vida que tinha em Lisboa, onde trabalhava como apresentadora de televisão, para ir viver para o Alentejo com o homem por quem se apaixonara meses antes: Marcos Tenório Bastinhas, filho do falecido cavaleiro tauromáquico Joaquim Bastinhas e neto do comendador Rui Nabeiro.

Nas redes sociais, a antiga profissional da televisão fez uma reflexão sobre esta decisão que mudou tudo. “Ele! Ele é o motivo por que vivo no Alentejo. Foi por nós que decidi deixar a televisão, Lisboa, amigos, família, e o melhor é sentir que não mudava nada. Todos os dias me apaixono por ele, porque todos os dias com ele são diferentes, ele não é o mesmo homem por quem me apaixonei há oito anos, todos os dias o meu marido se renova, tem a capacidade de ser cada dia melhor, tem nele a missão de ser diferente dos demais, não porque faça por isso, mas porque é a essência dele”, começou por escrever.

>> MARCOS TENÓRIO BASTINHAS RECEBE AMEAÇAS DE MORTE: “MAIS DIA, MENOS DIA, TENS UMA SURPRESA”

Reprodução Instagram, DR

“É amigo do amigo e já se desiludiu muitas vezes, mas enquanto eu fico furiosa com o facto de as pessoas não serem como nós, ele relativiza e não deixa que isso lhe tire a luz interior que tem. Sou talvez a sua maior fã, mas também aquela que lhe aponta as coisas menos boas, mas se isto fosse um jogo, seria quase como o Benfica, seria uma única vitória para mim em dez jogos 😅. Nem todos os dias são perfeitos, mas é na imperfeição que mais amo o meu marido, a nossa família, o que construímos juntos. Tenho muita sorte e mesmo quando fico triste olho para ele e penso, que raio queres mais?!? Tenho aquilo que muitos procuram, amor, filhos, saúde! Não preciso de mais nada! Não desistam de sonhar, nem de acreditar, há sempre o momento e a pessoa certa à nossa espera, não façam planos, deixem que a vida vos surpreenda!”, completa a irmã da conhecida atriz Núria Madruga.

De referir que desta união nasceram Clara e Alice, de cinco e três anos, respetivamente. Dália Madruga é ainda mãe de João, de 13 anos, fruto de uma anterior relação.