O príncipe Joaquim, sobrinho do rei Filipe da Bélgica, contraiu Covid-19 ao participar numa festa privada em Córdoba, em Espanha, com pelo menos 27 pessoas, a 26 de maio. O elemento da realeza quebrou assim as normas impostas pelas autoridades de saúde e apresentou um pedido de desculpas.

"Gostaria de pedir desculpa por não ter respeitado todas as medidas de quarentena durante a minha viagem. Nestes momentos difíceis, não quis ofender ou desrespeitar ninguém", lê-se no comunicado divulgado pelo seu advogado, Mariano Aguayo Fernández de Córdova, citando a CNN.

Com 28 anos, Joaquim viajou para Espanha com o motivo de realizar um estágio conseguindo a autorização estatal necessária numa altura em que o país, um dos mais fustigados pela pandemia, tem fronteiras encerradas. Segundo a estação de televisão norte-americana, o príncipe tem sintomas moderados e está atualmente em isolamento.

»» Princesa Maria Galitzine morre aos 32 anos