Claudio Villa - Inter

Há quem o considere uma figura inquestionável no mundo do desporto. Já recebeu uma série de prémios e foi considerado O Melhor do Mundo. Mas Cristiano Ronaldo já não lidera o ranking os desportistas mais bem pagos do mundo.

Também nomes como Lionel Messi ou Neymar foram agora ultrapassados por Roger Federer.

Esta é a pirmeira vez que o tenista suiço está em número um no ranking divulgado na passada sexta-feira, 29 de maio, pela revista norte-americana Forbes.

Tudo isto graças aos 95,5 milhões que recebeu entre 1 junho de 2019 e 1 de junho de 2020, dinheiro que provém sobretudo de contratos publicitários e parcerias privadas.

Cristiano Ronaldo adota, então, o segundo lugar na tabela, com 94,3 milhões de euros, seguido de Lionel Messi com 93,4 milhões de euros.