SERGIO LIMA

Durante uma entrevista com a CNN Brasil, concedida esta quinta-feira, dia 7 de maio, Regina Duarte irritou-se ao ser confrontada com uma mensagem de vídeo de Maitê Proença. Na gravação, a atriz critica a atual gestão da secretária da Cultura do governo de Jair Bolsonaro e apela para que encontre soluções para a classe artística durante a pandemia do novo coronavírus.

"A Cultura está perplexa com a falta de informação com o que tem sido feito: o proposto daquilo que foi prometido: o proposto. É inexplicável o silêncio sobre uma política para o setor. Nós estamos a sobreviver de vaquinhas. Neste túnel comprido, e sem futuro à vista para a arte, que afinal, faz-se juntando pessoas. Mas, afinal, até quando isso se vai sustentar. São muito poucos os que têm reservas financeiras para milhares [de artistas] que estão à míngua. Enquanto isso, morrem os nossos gigantes: Rubens, Aldir... Nenhuma palavra do nosso presidente, da nossa secretária. Regina, eu apoiei desde o início o seu direito à posição que divergia da maioria. Fala com a tua classe, Regina", disse Maitê no vídeo abaixo.

Porém, a ex-atriz de 73 anos não levou a situação de ânimo leve e, visivelmente chateada, recusou-se a responder ao pedido da sua antiga colega de profissão. "Vocês estão a desenterrar mortos, estão a carregar um cemitério nas costas. Vocês devem estar cansados. Fiquem leves, bola para a frente", afirmou, abandonando a entrevista. Regina ainda referiu que o vídeo tinha sido gravado há dois meses, mas os apresentadores argumentaram que Maitê o tinha enviado à emissora horas antes.

Sendo uma das atrizes mais reconhecidas das novelas brasileiras, Regina está a surpreender cada vez mais, e negativamente, pela postura que tem adotado desde que se tornou parte do governo de Bolsonaro.

Artistas brasileiros mostraram-se chocados pelas declarações públicas que fez, sobretudo ao cantar uma música em homenagem à ditadura militar e desvalorizar as inúmeras mortes no Brasil ocorridas durante esse tempo. A atitude da atual secretária da Cultura tornou-se viral nas redes sociais e está a receber uma chuva de criticas a nível nacional e internacional.