Gonçalo Figueiredo foi um dos jovens que decidiu aceitar o desafio de Amigos Improváveis Famosos, da SIC, e foi escolhido para passar uma temporada em casa do médico Fernando Póvoas. Os dois tornaram-se grandes amigos e Gonçalo começou, inclusive, a trabalhar numa das clínicas do médico.

Entretanto, o jovem esteve esta terça-feira, 21 de abril, no programa de Júlia Pinheiro e falou da experiência no programa da SIC, recordou a infância e esclareceu ainda os rumores que davam conta de que a sua família vivia na miséria.

Um de três filhos gémeos, Gonçalo garantiu que nunca faltou nada a si nem aos seus irmãos.Somos uma família completamente normal. Nunca nos faltou nada, graças a Deus. Os meus pais sempre trabalharam, sempre nos deram boas condições para nós estudarmos, estudámos em bons colégios e , por isso, acho que tivemos uma infância muito normal”, frisou.

>> Fernando Póvoas arranja emprego a 'Amigo Improvável': "Vi nele qualidades como pessoa" <<

“Quando aparecemos na televisão, há sempre pessoas que dizem coisas sobre nós que nem sempre são verdade. Eu já estava um bocado à espera que isso acontecesse, mas não desta maneira”, continuou.

“Os meus pais ficaram muito mais aborrecidos do que eu. Eu nem liguei muito. Mas como mexe com a educação que eles nos deram e com a vida que supostamente me estavam a dar, eles ficaram chateados. Nada era verdade”, salientou, acrescentando: “Eu nem sei o que é miséria. Graças a Deus, nunca experienciei”.