Esta segunda-feira, dia 23 de março, Diogo Clemente usou as redes sociais para deixar um último adeus a Carlos Gonçalves, "um dos maiores guitarristas, compositores e personalidades do fado".

O companheiro de Carolina Deslandes partilhou uma fotografia do músico e deixou uma extensa mensagem aquele que considera ter sido um "dos músicos que mais elevou a nossa música em Portugal e no mundo".

"Hoje morreu um dos maiores guitarristas, compositores e personalidades do fado. Um dos músicos que mais elevou a nossa música em Portugal e no mundo.
Eu tinha 16 anos quando o vi entrar na casa de fado, onde íamos tocar os dois, o Fado Maior, em Alfama, e fez-me sentir imediatamente válido. A tratar-me por você de uma forma muito simpática mas directa à alentejana, viu o meu ar apreensivo e disse a sorrir: 'Se você está aqui para tocar é para tocar e mais nada, vá'. Vamos todos ter saudades suas e da sua maneira directa de simplificar tudo. Fica a obra que é o que nos define. E que mestria. Abraço amigo Carlos Gonçalves. E já sei a frase que vai dizer quando chegar aí acima para onde se vai: 'Isto aqui é igual a todó lado...'",
pode ler-se na legenda de uma imagem do músico.

Momento depois, voltou a partilhar mais uma fotografia, desta vez onde surge ao lado do guitarrista.