Alexandra Lencastre e Daniel Oliveira
1 / 20

Alexandra Lencastre e Daniel Oliveira

Tiago Caramujo

2 / 20

Tiago Caramujo

3 / 20

Tiago Caramujo

4 / 20

Tiago Caramujo

5 / 20

Tiago Caramujo

6 / 20

Tiago Caramujo

7 / 20

Tiago Caramujo

8 / 20

Tiago Caramujo

9 / 20

Tiago Caramujo

10 / 20

Tiago Caramujo

11 / 20

Tiago Caramujo

12 / 20

Tiago Caramujo

13 / 20

Tiago Caramujo

14 / 20

Tiago Caramujo

15 / 20

Tiago Caramujo

16 / 20

Tiago Caramujo

Alexandra Lencastre e Pedro Boucherie Mendes
17 / 20

Alexandra Lencastre e Pedro Boucherie Mendes

Tiago Caramujo

Pedro Boucherie Mendes, Daniel Cruzeiro, Vanessa Fino Tierno, Aida Pinto, Alexandra Lencastre e Daniel Oliveira
18 / 20

Pedro Boucherie Mendes, Daniel Cruzeiro, Vanessa Fino Tierno, Aida Pinto, Alexandra Lencastre e Daniel Oliveira

Tiago Caramujo

19 / 20

Tiago Caramujo

20 / 20

Tiago Caramujo

Dezoito anos depois, Alexandra Lencastre está de regresso à SIC. A atriz já conheceu as instalações e os estúdios em Paço de Arcos, durante a manhã desta sexta-feira, dia 14, ao lado de Daniel Oliveira. O site do Fama Show esteve à conversa com a atriz que terá dois desafios na SIC.

"Estou a reaprender a estar numa estação onde já estive. Sinto, honestamente, que está tudo diferente, mas está tudo igual. É acolhedor e, como até já vi algumas caras conhecidas, fiquei comovida porque estou a voltar a um sítio que deixei, que também é a minha casa", começa por dizer. Há 18 anos a atriz protagonizava a novela Fúria de Viver que lhe valeu um Globo de Ouro de 'Melhor Atriz em Televisão'. A sua última e especial memória na estação de teleivisão? "Uma discussão com Emídio Rangel onde acabámos por nos rir à gargalhada”, confessa.

O convite de Daniel Oliveira foi um presente em dose dupla. A atriz regressa à ficção e à apresentação num programa na antena da SIC Mulher. Aí reside também o trabalho de pesquisa que diz adorar fazer. "Deixei de ter medo que as pessoas me conhecessem. Quero arriscar tudo. Quem me reconhece, reconhece-me mesmo. Quem não o faz, não tem mal. Não se pode agradar a todos", conta a atriz, referindo-se ao lado mais pessoal e menos fantasioso que estará inscrito na condução do seu programa.

"Eu estava um bocadinho adormecida, desacreditada e triste. Parece que perdi a capacidade de sonhar e isso foi-me devolvido com o convite de uma forma natural, sensível e transparente. Parece que havia um puzzle para completar e ficou completo", admite, iniciando agora uma fase inesperada e estimulante da sua carreira. "Só preciso de pousar. Descansar um bocadinho e depois regressar com toda a energia e força", completou.