Reprodução Instagram/ Getty

Corria o ano de 2006 quando Merche Romero e Cristiano Ronaldo faziam as manchetes da imprensa cor-de-rosa como o casal sensação do verão. O namoro durou pouco mais de um ano, mas 14 anos depois, a ex-apresentadora ainda continua a ver o seu nome associado ao futebolista. Esta terça-feira, 14 de fevereiro, Merche esteve no programa de Fátima Lopes e revelou o que motivou o seu afastamento da televisão (saber mais aqui), recordando, ainda, a mediática relação com o jogador.

"Durou um ano e pouco mais, fez parte da minha vida, não tenho qualquer problema em assumir isso, mas já chega de o explorarem na minha vida. Eu não uso o nome dele para nada, nunca usei .Para quê estar sempre a chamar o nome ou a pessoa à baila? Há que respeitar um bocadinho também a vida das pessoas. Ele tem uma família, uma vida. Eu também tenho. Já chega" , frisou.

"O assunto Cristiano Ronaldo já está batido. Faz parte do meu passado. É preciso que se diga que não fui para a televisão por causa dele. Já estava em televisão há muito tempo. Ele fez parte da minha vida”, garantiu.

>> Após penhora, casa de Merce Romero é vendida em Leilão <<

Já quanto às piadas de que foi alvo o durante o programa Roast de Ljubomir Stanisic, devido à sua antiga relação com Cristiano Ronaldo, Merche assumiu: “pensei que ia para uma coisa livre e não para fazer comédia barata. O programa estava desenhado. Não consegui ser livre nas piadas”.

A ex-apresentadora confirmou ainda as notícias de davam conta da penhora da sua casa em Vila Nova de Gaia, explicando que o processo está a ser tratado “pelas pessoas certas”.

“Houve muitas notícias fora da realidade. Recebi muitas mensagens de pessoas indignadas… eu nem sequer vi. Há altos e baixos. Desde as burlas, ao património que não consegui sustentar, a pessoas que me devem rendas… Não sou a pessoa certa para falar disso. É uma estratégia financeira”, rematou.