Princesa da Noruega e o ex-marido, Ari Behn

Princesa da Noruega e o ex-marido, Ari Behn

JONATHAN NACKSTRAND

Na noite desta quarta-feira, dia 25 de dezembro, o mundo recebeu a triste notícia de que Ari Behn, ex-marido da princesa da Noruega, Märtha-Louise, morreu aos 47 anos. O escritor norueguês terá cometido suicídio segundo um comunicado escrito pelo representante de Ari, Geir Hakonsund.

"É com uma grande tristeza nos nossos corações que anunciamos que Ari Behn colocou um ponto final na sua própria vida. Pedimos que respeitem a nossa privacidade nos próximos tempos", revelou o porta-voz.

O autor deixou para trás três filhos, Maud Angelica, Leah Isadora e Emma Tallulah, de 11, 14 e 16 anos, fruto do anterior casamento com a princesa. O casal oficializou a união em 2002 e separou-se em 2017, sendo este o primeiro divórcio na Casa Real do país em dois séculos.

>> Princesa Martha Louise apresenta novo namorado e a polémica instala-se na Noruega

Os monarcas da Noruega, o rei Harald V e a rainha Sonja, também já reagiram à morte do ex-genro e expressaram as suas condolências.

"É com uma grande tristeza que eu e a rainha recebemos a notícia da morte de Ari Behn. O Ari foi uma parte importante da nossa família durante muitos anos, e temos boas recordações dele. Somos gratos por o termos conhecido. Lamentamos que os nossos netos tenham perdido o seu querido pai e temos uma profunda compaixão pelos seus pais e irmãos, que acabaram de perder um filho e irmão", lamentaram.

Recorde-se que Ari esteve envolvido em algumas controvérsias, desde aparecer num vídeo ao lado de prostitutas e consumir drogas em Las Vegas a acusar Kevin Spacey (veja aqui as acusações de assédio sexual contra o ator) de o ter tocado de forma inapropriada durante um evento público.