Se estivesse vivo, António Feio completaria 65 anos esta sexta-feira, 6 de dezembro. Uma data que Cristina Ferreira não deixou passar em branco, junto da filha do ator, Bárbara Feio, que é representante de uma marca comercial com espaço no programa das manhãs da SIC.

“Eu fiquei aqui de propósito só para te dar um beijinho maior. Hoje é e será sempre um dia especial. Faria 65 anos, se estivesse vivo, e tu tens que o celebrar. Aquilo que ele nos deu, deu-te ainda mais, enquanto teu pai”, afirmou a apresentadora, dirigindo-se à filha do ator.

Visivelmente emocionada, Bárbara Feio agradeceu o gesto de Cristina Ferreira e fez um pedido “Se puderem, brindem ao meu pai. Aproveitem a vida. Obrigada”, rematou.

Mas as homenagens não se ficaram por aqui. Nas redes sociais, Bárbara Feio dedicou uma emotiva mensagem ao progenitor.

"Quem me dera. Abraçar-te no outono, verão e primavera... Quem me dera”, começou por escrever, citando uma excerto de uma música interpretada pela fadista, Mariza. “Seriam 65 Papi. Paizão guerreiro, minha inspiração, meu amor. Um brinde a ti”, completou.

Recorde-se que António Feio morreu em julho de 2010, cerca de um ano e meio depois de ter sido diagnosticado com um cancro no pâncreas.