Instagram

Corria o ano de 2016 quando Katy Perry publicou nas redes sociais uma fotografia alusiva ao Halloween. Mal sabia a cantora que, três anos depois, essa mesma imagem lhe ia valer uma multa de 135 mil euros.

Na imagem acima, partilhada no Instagram da cantora, podemos vê-la disfarçada de Hillary Clinton, ao lado de alguém vestido de Bill Clnton e, atrás, Orlando Bloom, noivo da cantora, como Trump. O problema é que essa fotografia foi capturada por um paparazzi e, segundo o E! News, a agência fotográfica Backgrid que detém os direitos de autor está a processar a norte americana .

A agência afirma que tentou várias vezes entrar em contato com os representantes da cantora sobre a sua 'violação', mas até então não terão pago pela fotografia. Até à data desta publicação, a imagem ainda está na conta de Instagram de Katy Perry.

Os paparazzis têm estado muito atentos às redes sociais dos famosos: Gigi Hadid, Justin Bieber e Jennifer Lopez são algumas das caras conhecidas que também já foram processadas por partilharem fotografias com direitos de autor.