Carolina Loureiro esteve esta quinta-feira, dia 24, no programa de Júlia Pinheiro, e assumiu que não reagiu muito bem ao divórcio dos pais.

A atriz, que na altura tinha 19 anos, disse que estava a passar por uma fase mais rebelde e tinha acabado de chegar a Lisboa. "Não percebia muito bem as coisas, nem queria perceber na verdade. Todos nós temos atitudes menos boas em alguma fase da vida e acho que nessa altura eu não tive uma atitude boa. Não foi muito feliz", contou.

Os irmãos mais novos da protagonista da novela da SIC, Francisco e Sara, estiveram mais presentes durante a separação dos progenitores. "Eles é que passaram mais pelo divórcio e é por isso que eu digo que me arrependo um bocadinho e que não tive atitudes tão boas ao deixá-los passar por isso... um bocadinho sozinhos", explica.

"Quando somos mais velhos temos mais dificuldade em aceitar aquilo que parecia para sempre", diz Julia.. Ao qual a atriz responde: "Principalmente quando estás na idade em que te apaixonas e vês o amor de outra perspectiva, pensas 'afinal pode acabar' e eu hoje em dia digo muito e eu tenho noção que as coisas começam e acabam e é inevitável. Na altura não via as coisas assim por isso é que lidei mal."

Carolina chegou a passar o natal no estrangeiro, longe da família. "Era um bocadinho revolta", assume. "É estranho passares a tua vida toda em natais de família e depois não teres isso", disse. E acrescenta: "Já passei com a minha avó o natal, sozinhas, e foi dos natais que eu mais gostei". Hoje, com 27 anos, essa fase mais difícil já passou e vê as coisas de outra forma.