Toy e Daniela Correia
1 / 5

Toy e Daniela Correia

Reprodução Instagram, DR

2 / 5

Reprodução Instagram, DR

3 / 5

Reprodução Instagram, DR

4 / 5

Reprodução Instagram, DR

5 / 5

Reprodução Instagram, DR

Toy e Daniela Correia trocaram alianças pela segunda vez no dia 22 de setembro, na Quinta das Façalvas, em Palmela. A festa, com 250 convidados, entre eles, alguns famosos portugueses, foi de arromba.

Cerca de um mês depois, o cantor revelou quais foram as despesas daquele dia. “Quanto é que custou o teu casamento?”, questionou Mafalda Castro no 'Cala-te Boca' do programa Snooze, da rádio Mega Hits.

Surpreendentemente, a cerimónia religiosa foi barata, com algumas ajudas pelo meio. “O catering eu consegui negociar de uma forma fantástica e, portanto, como eles tiveram a projeção devida em televisão consegui negociar a coisa. Para 250 pessoas foi 5 mil euros mais IVA”, começou por responder.

O fato do noivo (um fraque em memória do pai que foi alfaiate) e o vestido da noiva, de Micaela Oliveira, foram oferecidos pelas respetivas marcas. Toy também não abriu a carteira para o vinho, o fogo-de-artificio e o tenor. “Não paguei os vinhos porque sou amigo da Leonor, dona Ermelinda”, acrescentou.

Depois pagámos aqueles cartazes da publicidade, não foi nada por aí além. O João ofereceu o fogo-de-artifício e o rapaz que cantou também foi cantar de borla, porque eu sou amigo dos pais dele”, rematou. João Mendonza foi o rapaz, de Setúbal, que cantou a solo o tema “Ave Maria de Shubert” no início da celebração.