Manuel Guerra

Juntos há 11 anos e casados há sete, Maria João Abreu e João Soares vivem ao dias felizes ao lado um do outro. Os dez anos de diferença não são obstáculo à paixão e as declarações de amor diárias são uma constante. "É um amor imenso e faz-nos sentir muito bem. Na generalidade, há muitas pessoas que têm medo de dizer 'amo-te' ou elogiar o parceiro. As pessoas têm facilidade em apontar o dedo, mas dificuldade em elogiar quando se está bem ou se faz bem e quando sentimos o amor a britar por todos os poros da pele. É fundamental expressar nisso", confidenciou a a atriz em declarações à revista Nova Gente.

Já no que diz respeito à paternidade, era desejo do casal ter um filho, mas tal não aconteceu. "Agora, está completamente fora de causa porque já entrei na menopausa há cinco anos. Na verdade, ao fim de um de um ano de estarmos juntos, pensámos ter um filho, mas não aconteceu. É porque não tinha de ser, mas isso não abalou em nada o nosso amor. Depois, vieram os netos…De certa forma, custou-me mais pelo João, que nunca tinha tido a experiencia de ser pai. Mas ele não se ressente com isso nem nunca fala nisso e vai treinando com os meus netos”, explicou a protagonista de Golpe de Sorte à publicação.

Recorde-se que antes do enlace com o músico, Maria João Abreu foi casada com José Raposo durante 23 anos. Os dois atores têm dois netos e dois filhos em comum, Ricardo e Miguel. Em maio deste ano, José Raposo voltou a ser pai da pequena Lua, fruto do atual casamento com Sara Barradas.