Maria Isabel Carvalhais morreu esta quarta-feira, no Porto, aos 101 anos. Colaborou ao lado de Manoel Oliveira, realizador e seu marido, que morreu aos 105 anos, em 2016. Casaram em dezembro de 1940 e tiveram quatro filhos.

Segundo o jornal Público, Maria Isabel Brandão de Meneses de Almeida Carvalhais, chegou mesmo a participar em alguns filmes de Manoel de Oliveira como são os casos de Inquietude (1998), Cristóvão Colombo – o Enigma (2007) e no filme autobiográfico do realizador Visita ou Memórias e Confissões (1992).

O corpo de Maria Isabel Carvalhais estará em câmara ardente durante a tarde desta quarta-feira, na Igreja Paroquial de Cristo Rei, na Foz do Douro, no Porto. O funeral realiza-se esta quinta-feira, dia 12.