José Cid

José Cid

Instagram

“José Cid adaptou sem esforço a influência da música popular anglo-saxónica ao estilo original do pop-rock português. Em 1956, o surgimento de sua banda cover Os Babies marcou um momento de 'antes e depois' para o pop-rock em Portugal. O seu grupo seguinte, o Quarteto 1111, criou as bases do rock português, com uma forte tonalidade psicadélica, como denotou o enorme sucesso de 1967 'A Lenda De El-Rei D. Sebastião'. Continuando como artista solo, em 1978 lançou '10000 Anos Depois Entre Vénus e Marte', considerado uma obra prima do rock progressivo. (...) Com dezenas de sucessos, continua a ser uma grande atração em concertos em Portugal, lançando novas músicas e álbuns ao vivo”. É esta a explicação da organização dos Latin Grammy Awards para agraciar José Cid com o prémio de Excelência Musical.

A notícia foi divulgada esta quinta-feira, 22 de agosto, em comunicado e o troféu será entregue no próximo dia 13 de novembro, numa cerimónia que terá lugar em Las Vegas, Estados Unidos.

Joan Baez (Estados Unidos), Omara Portuondo (Cuba) e Carlos do Carmo (Portugal, 2014) estão entre os artistas anteriormente distinguidos com este prémio e José Cid confessa-se radiante com esta conquista: “Este é um reconhecimento que o público português nunca me negou! Antes pelo contrário! Estou também feliz porque o pop/rock português, sempre tão impossibilitado de atravessar fronteiras, é reconhecido a este nível".