O carro em que seguia o futebolista espanhol José Antonio Reyes, que morreu este sábado num acidente de viação, circulava a uma velocidade estimada em 237 km/hora.

» VEJA TAMBÉM: FILHO DE JOSÉ ANTONIO REYESDESPEDE-SE DO PAI COM PALAVRAS ARREPIANTES

A notícia é avançada pelo jornal espanhol Mundo Deportivo, que teve acesso ao relatório da Guardia Civil.

Segundo a publicação, a viatura - um Mercedes Brabus S550, com 380 cavalos - despistou-se "muito provavelmente" por causa do rebentamento de um pneu.

O carro despistou-se e incendiou-se de seguida, provocando a morte a Reyes e a dois primos do futebolista que o acompanhavam.

Veja aqui o vídeo com imagens do local.

Veja também: "Reyes não merece uma homenagem como se fosse um herói"