David M. Benett

A destruição parcial da catedral de Notre-Dame, um dos maiores marcos de Paris e património mundial da Humanidade, deixou o mundo em choque.

Nas redes sociais multiplicaram-se os vídeos da catedral em chamas e a tragédia não deixou ninguém indiferente, nem mesmo dois dos homens mais ricos de França, François-Henri Pinault, marido de Salma Hayek, e Bernard Arnault que já anunciaram donativos para ajudar a recuperar a catedral de Notre-Dame.

O dono da Gucci e Yves Saint Laurent vai ajudar com 100 milhões de euros, e o atual presidente e diretor executivo da LVMH, a maior empresa de artigos de luxo do mundo que inclui a Louis Vuitton, vai doar 200 milhões de euros.

Philippe Wang