Reynaldo Gianecchini, Theodoro Cochrane e Marília Gabriela

Reynaldo Gianecchini, Theodoro Cochrane e Marília Gabriela

Instagram

Dura há muitos anos a polémica em torno de um possível romance de Theodoro Cochrane com Reynaldo Gianecchini, que já foi casado com a sua mãe, a apresentadora e atriz brasileira Marília Gabriela. Recentemente, o ator, de 40 anos, quebrou o silêncio relativamente a este tema. “Dizem até hoje que o casamento deles era uma fachada para esconder a minha relação com ele. Namorei com homens e mulheres. Já tive relações com homens feios, bonitos, gente burra, inteligente. Mas jamais tive algo com o Giane. Já discuti muito, mas agora só viro a cara e saio. Essa história ofende-me a mim, ao Giane e à minha mãe”, disse em entrevista à revista brasileira Veja.

Agora, Theodoro Cochrane, que assumiu a sua homossexualidade há já alguns anos, falou do desejo de ter filhos, embora esse não seja um plano a curto prazo. “Eu tenho vontade de ser pai, mas não agora”, começa por dizer o ator, de 40 anos. “Ter um filho neste momento de investimento na minha carreira, não seria algo bom para a criança, mas no futuro quero sim ter filhos”, acrescenta, antes de referir os valores que pretendo passar para um filho seu, caso venha a concretizar esse sonho: "Acho que hoje em dia vivemos num mundo de extrema intolerância e gostaria de ter um(a) filho(a) tolerante, que entendesse o mundo da maneira mais generosa possível".