Amal e George Clooney e o príncipe Harry de Inglaterra com Meghan Markle

Amal e George Clooney e o príncipe Harry de Inglaterra com Meghan Markle

Getty Images

George Clooney tem sido um dos nomes apontados para desempenhar um papel muito especial na vida do primeiro filho do príncipe Harry de Inglaterra e de Meghan Markle: ser padrinho. E numa entrevista recente durante um evento em Los Angeles, o ator, de 57 anos, não fugiu à pergunta e respondeu: “Sim, serei o padrinho do bebé real, aparentemente!”. Mas logo de seguida, a estrela de Hollywood começou a rir-se e acabou por esclarecer: “Não! Não é verdade. Eu já sou pai de gémeos. Já tenho muito com que lidar”. O ator referia-se a Ella e Alexander, de 18 meses, fruto do seu casamento com a advogada Amal Clooney.

Foi também nesta entrevista que George Clooney falou do facto de Meghan Markle estar a ser perseguida pela imprensa e pela sua família sedenta de lucrar com a sua nova vida e chegou mesmo a compará-la com a princesa Diana de Gales, a mãe dos príncipes William e Harry, que morreu num trágico acidente em Paris, França, em agosto de 1997. Saiba mais aqui!

De referir que o número de padrinhos dos bebés na família real inglesa não é fixo. No caso dos filhos do príncipe William e de Kate Middleton, por exemplo, George tem sete, Charlotte tem cinco e o mais novo, Louis, tem seis.